Untitled Document
Bom dia, 27 de jan
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Orgânicos

Terça-feira, 01 de Janeiro de 2013

 
     

Produtos orgânicos da Serra ganham aval do Ministério da Agricultura

  

Técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento comprovam que moradores da Serra gaúcha que consomem produtos orgânicos certificados pela Rede Ecovida, estão realmente levando para casa alimentos livres de agrotóxicos e adubos químicos e que respeitam a biodiversidade.

  

Anahi Fros    
Da esquerda para direita: Luiz Albino Trindade da Costa (Mapa), Ary Cargnino (Rede Ecovida), Zenaide Silveira (eng. agrônoma), Leandro Venturin (Centro Ecológico) e José Cleber Souza (CPOrg-RS)


Por Anahi Fros, de Caxias do Sul, para EcoAgência de Notícias Ambientais

Os moradores da Serra gaúcha que consomem produtos orgânicos certificados pela Rede Ecovida estão realmente levando para casa alimentos livres de agrotóxicos e adubos químicos e que respeitam a biodiversidade. Foi o que constatou um grupo de técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que esteve na região no início de dezembro passado, realizando uma auditoria testemunhal do cumprimento das exigências de certificação.

Nos dois últimos dias da visita, eles passaram por propriedades de Caxias do Sul que integram o Núcleo Serra da Rede Ecovida – que soma 265 produtores – e participam da Feira Ecológica do município, e constaram que as regras para o cultivo de orgânicos estão sendo cumpridas.

"Os produtos são comprovadamente orgânicos e confiáveis", indicou a engenheira agrônoma, coordenadora do grupo e técnica do Mapa, Zenaide Silveira.

A Fruteira Ecológica, uma das mais antigas de Caxias do Sul, há 13 anos vendendo apenas orgânicos, serviu como escritório da equipe nos intervalos de visitas. Também foi realizada auditoria em propriedades do Núcleo Litoral Solidário, que conta com 170 famílias de agricultores orgânicos.

Desde janeiro de 2011, todos os produtos ecológicos colocados à venda são obrigados a apresentar o Selo de Certificação de Produtos Orgânicos. O chamado selo SisOrg é obtido por meio de uma Certificação por Auditoria ou por um Sistema Participativo de Garantia – caso da Rede Ecovida. Os agricultores familiares são os únicos autorizados a realizar vendas diretas ao consumidor sem certificação, desde que integrem alguma organização de controle social cadastrada nos órgãos fiscalizadores.
EcoAgência Solidária de Notícias Ambientais

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008