Untitled Document
Bom dia, 27 de jan
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Direitos Humanos

Quarta-feira, 09 de Janeiro de 2013

 
     

Relatório aponta Brasil como fonte e destino de tráfico humano

  

Em geral, a exploração é disfarçada como trabalho legal e contratual. Porém, ocorre em condições degradantes. Estudo também aponta a exploração sexual como responsável por 27% dos casos.

 

 
  


Por Daniele Silveira - Radioagência NP

O Brasil é apontado como um dos países fonte de vítimas de tráfico humano. Na mesma lista ainda estão Bulgária, China, Índia e Nigéria. O dado faz parte do relatório da Organização Internacional para as Migrações (OIM), que ainda aponta o Brasil como um dos destinos das vítimas. De acordo com o documento, metade dos casos de tráfico humano registrados durante o ano de 2011 estava relacionada à exploração de mão-de-obra. Nessa situação estão envolvidos, principalmente, setores econômicos que exigem trabalho manual, como agricultura, construção, trabalho doméstico, pesca e mineração.

Em geral, a exploração é disfarçada como trabalho legal e contratual. Porém, ocorre em condições degradantes e sem respeitar os acordos feitos com os trabalhadores. Entre os principais países de destino do tráfico humano estão a Federação Russa, o Haiti, o Iêmen, a Tailândia e o Cazaquistão. Na Europa, Portugal, Alemanha, Itália e Espanha também são pontos de destino, que recebem um número significativo de migrantes do Cone Sul.

O estudo também relata a exploração sexual como responsável por 27% dos casos. Em outubro, um diagnóstico divulgado pelo Ministério da Justiça e pela ONU apontou que quase 500 pessoas foram vítimas do tráfico humano no Brasil entre 2005 e 2011. Do total, mais de 70% dos casos estão ligados à exploração sexual.

Radioagência NP/EcoAgência

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008