Untitled Document
Boa tarde, 01 de dez
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Clima

Quinta-feira, 12 de Setembro de 2013

 
     

Desperdício de alimentos causa sérios danos ao clima e recursos naturais

  

Estudo da FAO é o primeiro que analisa os efeitos do desperdício de comida a partir da perspectiva ambiental; alimentos não-consumidos geram 3,3 bilhões de toneladas de gases na atmosfera.

  

FAO/Jean-Christophe Verhaegen    


Por Leda Letra - Rádio ONU

A cada ano, 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçadas, causando não somente danos econômicos, mas também prejudicando seriamente os recursos naturais. O alerta é da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação. A FAO lançou nesta quarta-feira o primeiro estudo que analisa os impactos do desperdício global de alimentos a partir de uma perspectiva ambiental. Em Roma, o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, ressaltou que agricultores, pescadores, supermercados, governos e consumidores precisam evitar o desperdício.

Falando em inglês, Graziano da Silva disse que "simplesmente não se pode permitir que um terço de todos os alimentos sejam perdidos devido a práticas inapropriadas, enquanto 870 milhões de pessoas no mundo passam fome." Segundo o estudo da FAO, a cada ano, toda a comida produzida, mas não consumida, gera na atmosfera um volume de 3,3 bilhões de toneladas de gases que causam o efeito estufa.

O desperdício de alimentos também tem impacto direto na economia mundial, gerando perdas de US$ 750 bilhões, ou R$ 1,7 trilhão. Os vegetais jogados fora ou estragados são os principais responsáveis por essas perdas. Na sequência, estão carnes, frutas e cereais não consumidos. A Ásia é a região que mais contribui para o desperdício de alimentos, segundo o estudo.

Em todo o mundo, 54% do desperdício ocorre durante a produção e armazenamento e o restante na fase de consumo. Países em desenvolvimento sofrem mais com o desperdício durante a produção, enquanto em nações ricas, isso ocorre durante o consumo. A perda de cereais, na Ásia, em especial do arroz, é um problema significativo, com grandes impactos na emissão de carbono e no uso da terra e da água.

Juntos, países de renda alta e a região da América Latina são responsáveis por 80% de todo o desperdício de carne. A perda de frutas contribui de forma séria para gasto excessivo de água na Ásia, América Latina e Europa. A FAO aponta o comportamento dos consumidores, que compram mais do que o necessário, e a falta de comunicação na cadeia de produção como dois fatores para tanto desperdício. A agência indica medidas para mudar o quadro, como reduzir o desperdício alimentar e doar o excesso de comida produzida para as camadas mais vulneráveis da sociedade.

Rádio ONU, parceira da EcoAgência de Notícias

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008