Untitled Document
Boa tarde, 05 de dez
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Educação Ambiental

Sábado, 02 de Outubro de 2021

 
     

Projeto do NEJ ouve as catadoras em vídeos sobre separação de recicláveis

  

O Núcleo de Ecojornalistas quer contribuir para o reconhecimento deste trabalho ainda invisibilizado e pouco valorizado pelas políticas públicas

  

Foto Eliege Fante    
Marina Souza da Luz, presidente da Associação Reciclando Pela Vida, mostra o grande volume de resíduos orgânicos e rejeito que recebem através da coleta seletiva


Por Eliege Fante - especial para a EcoAgência

Nos próximos dias, o Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul (NEJ-RS), vai divulgar nas suas redes sociais, vídeos de conscientização ambiental produzidos a partir de diálogos com as catadoras da Associação Reciclando Pela Vida, de Porto Alegre. Nestes vídeos, as catadoras vão explicar como e porquê cada cidadão deve separar os resíduos descartáveis e recicláveis para auxiliar o trabalho na unidade de triagem da Associação. 

A maior dificuldade, segundo as entrevistadas, está no resíduo/material deixado pelos moradores nas calçadas para o caminhão da coleta seletiva: misturado com o que é orgânico e/ou rejeito. O trabalho delas é de educação ambiental, ainda invisibilizado e pouco valorizado pelas políticas públicas, mas o projeto do NEJ está empenhado em contribuir para o seu reconhecimento. 

A realização deste projeto tem o apoio do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) no âmbito da campanha global “Green Action Week” (Semana da Ação Verde) da Naturskyddsföreningen (Sociedade Sueca de Proteção à Natureza). A programação da Semana Sustentável de 2021, acontecerá entre quatro e 10 de outubro e inclui bate-papos virtuais com todos os projetos apoiados que podem ser conhecidos aqui.

 

 

 

 

 

EcoAgência

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008