Untitled Document
Boa tarde, 24 de set
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   

Terça-feira, 24 de Novembro de 2015

 
     

Ilza Girardi vence prêmio Pioneiras da Ecologia na categoria Ativismo Político

  

Iniciativa da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul reconheceu trajetória da professora da UFRGS e diretora do NEJ-RS no movimento ecologista gaúcho. Cerimônia de homenagem ocorre no dia 9 de dezembro

  

Carlos Stein/Papaluz    
Ilza Girardi é também diretora do Núcleo de Ecojornalistas do RS


Por Débora Gallas - especial para a EcoAgência

A jornalista, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e diretora de comunicação na atual gestão do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul, Ilza Maria Tourinho Girardi, é a vencedora da edição 2015 do prêmio Pioneiras da Ecologia, na categoria Individual – Ativismo Político. A homenagem, concedida pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, destaca a contribuição da educadora na formação de cidadãos críticos e engajados através do ativismo ecológico.

Desde 1979, Ilza é professora da Faculdade de Biblioteconomia da UFRGS, na qual implementou a primeira disciplina de Jornalismo Ambiental do Brasil. Hoje, é também professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS. Na graduação, no mestrado e no doutorado, já orientou mais de 60 trabalhos acadêmicos que relacionam a comunicação e o jornalismo às questões ambientais, à cidadania e à justiça socioambiental. Atualmente, é Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Jornalismo Ambiental UFRGS/CNPq.

Ilza buscou relacionar a prática docente à responsabilidade pela construção de um mundo sustentável: é membro-fundadora do único Núcleo de Ecojornalistas (NEJ-RS) do País, criado em 1990. Na entidade, desenvolveu atividades como o ciclo de debates Terça Ecológica, iniciado em 1993 e ativo até hoje, e o programa de rádio Sintonia da Terra, veiculado pela Rádio da Universidade entre 1995 e 1996 e entre 2003 e 2012. Nos anos 80, a jornalista atuou na Cooperativa Ecológica Coolmeia, com o objetivo de ajudar a construir a agricultura ecológica no Rio Grande do Sul, e participou ativamente da criação da Feira Ecológica do Menino Deus.

O prêmio Pioneiras da Ecologia homenageia Magda Renner, Giselda Castro (falecida em fevereiro de 2012) e Hilda Zimmermann (falecida em maio de 2012), ativistas que contribuíram para fortalecer a luta ambientalista no Rio Grande do Sul a partir dos anos 60 e 70. Através da participação organizada na Ação Democrática Feminina Gaúcha (AGDF, atual Núcleo Amigos da Terra Brasil) e na AGAPAN, o trio pautou discussões sobre o ambientalismo, os direitos humanos e as questões de gênero na sociedade gaúcha.

Os demais vencedores da edição 2015 são Clóvia Marozzin Mistura, de Marau, na categoria Individual – Profissional; Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí Ltda, na categoria Institucional – Organização Socioambiental ou Socioeconômica; Fundação Universidade de Cruz Alta, na categoria Geração e Acesso ao Conhecimento; e Associação dos Selecionadores de Materiais Recicláveis, de Santa Maria, na categoria Cadeia Produtiva. A cerimônia de entrega, aberta ao público, ocorrerá no dia 9 de dezembro, quarta-feira, na Sala Júlio de Castilhos da AL-RS (Praça Mal. Deodoro, 101, 1º andar), em Porto Alegre.

 

EcoAgência

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008